Translate

Bem vindos sejam!


'"Arte, "a parte pelo todo", assim como a metonímia nada tem de insignificante em sua instrução e reconstrução no texto lírico. É parte das matérias e das almas como flores geométricas e fractais de uma natureza infinita'"

terça-feira, 3 de julho de 2012

Melhor do que nada é tudo




Ruim com ela
Pior ainda sem
Até por que...
Quem está sempre comigo?
Mesmo que por breves distancias
Em breves muitos momentos
Pelo bem sempre comunicável
Palpável e intocável sim
De proteção natural
Presente sempre em espírito estará
E é esse amar que quero continuar respirando
Que quando presente fisicamente
Me dá tudo que preciso, que necessito
Para comprovar que estou vivo
Que tenho alma na carne
Que estou vivenciando vida e...
Suportando este inferno de provações
Vou sendo provocado
Esquecido e ignorado
Pela inveja de quem desconhece emoções fortes
Como estes desafios
De quem não os suporta enfrentá-losOu mesmo conhecê-los
Para testemunhar este nobre sentimento puro e bruto
Sentimento muito inteligente pelos criadores do mesmo
Que quão mais almejado e incompreendido
Quão mais ovacionado pela energia da discordância
Pela notável falta de sinergia do meio
Menor fica
Visível apenas por nós mesmos
Para nós mesmo...
E nosso desejos e fortalezas se mantêm intactos
Desprovidos de preconceitos
Vacinados
De espíritos lavados e imperfeitos
lavrados no gnóstico
Para a nossa alegria
Defendido e perpetuado por eras e eras
Futuras e infinitas eras
Da graça, que ganha a vida
Da graça de quem ganha na vida
Se descobrir mortal
Pois menos sempre será mais
Na hora do impacto final...